segunda-feira, 24 de janeiro de 2011

O Espantalho e seu Criado - Philip Pullman


Essa resenha também eu escrevi para o Desafio Literário de 2011 do tema de janeiro que é infanto-juvenil. Ainda não tinha lido nada desse autor e achei o seu estilo de escrever bem claro e simples, apesar de a história não ser tão empolgante no inicio.
O livro trata da história de um espantalho, ou melhor, o Lorde Espantalho, que passou a ter sentidos humanos após ser atingido por um raio.
O espantalho foi criado pelo Sr. Pandolfo, que depositou nele algo de muita importância para o bem estar do Vale da Primavera, lugar do qual era dono, mas como estava muito doente temia que suas terras fossem parar nas mãos dos Buffalonis.
Atolado num lamaçal após ter ganhado vida, quem socorre o pobre espantalho é Jack, um garoto pobre e sem família, que a partir daquele momento, torna-se o criado do Lorde Espantalho, fazendo nascer uma amizade verdadeira entre os dois.
A verdade é que — acrescentou baixinho, virando-se e vendo o Espantalho aos pulos e gesticulando ao longe — ele não pode me dispensar neste momento. É um grande herói, sem a menor dúvida, mas tão inocente quanto um bebê em alguns aspectos.” (p. 118)
No decorrer da história os dois passam por inúmeras aventuras tentando encontrar o caminho para o Vale da Primavera. Por cada canto que passam, tentando impedir essa chegada ao Vale da Primavera, o Sr. Cercorelli, advogado dos Buffalonis, permanece sempre no rastro do espantalho e do menino, dando um ar engraçado a história, porque sempre chega atrasado.
O livro termina de uma forma satisfatória e com um final feliz para os dois amigos. É uma história simples e que pode fazer pensar sobre a questão da amizade nos dias de hoje. Considera essa história mais infantil do que a primeira que resenhei para o desafio, por ter uma linguagem mais pura e acessível às crianças.
Jack tem a certeza de que nunca houve um criado que tivesse um amo tão bom; e o Espantalho tem a certeza de que, em toda a história do mundo, nunca existiu um espantalho que tivesse criado mais honesto e fiel.” (p. 173)
Apreciação: 3
[Sendo que: 1-Não gostei; 2-Gostei pouco; 3-Gostei; 4-Gostei bastante; 5-Adorei]

Dados técnicos da obra:
Autora: Philip Pullman
Titulo original: The Scarecrow and his Servant
Tradução: Maria Georgina Segurado
Editora: Multitipo Artes Gráficas, Lda.
1a edição, Lisboa, Fevereiro, 2007
Nº de páginas: 170

5 comentários:

  1. Q fofinho!
    Meus priminhos irião adorar esse livro!

    BjoO
    Pri
    Entre Fatos e Livros

    ResponderExcluir
  2. Obrigada Pri, realmente pertence a pureza do mundo infantil.

    Bjos

    ResponderExcluir
  3. Um garoto sendo o criado de um espantalho? No mínimo, inusitado! Gostei. =D Ótima participação!

    ResponderExcluir
  4. Obrigada Vivi, espero continuar assim no decorrer do desafio.

    Bjos

    ResponderExcluir
  5. Esse livro é uma graça :)
    Ótima escolha!

    ResponderExcluir

Vamos trocar ideias?