sábado, 11 de junho de 2011

O Seminário dos Ratos - Lygia Fagundes Telles


Os contos de Lygia Fagundes geralmente trazem traços de mistérios, cenas do cotidiano, fantasias reais e sentimentos humanos. Eles por vezes despertam a imaginação para se tentar desvendar a lógica do fato e compreender o seu desfecho ou quase ele, pois são meio confusos no começo, ou não seguem uma lógica certa, e talvez nesse aspecto esteja a principal característica de Lygia Fagundes. Ela consegue jogar com as letras através do perfil dos personagens, que não são uma só pessoa durante toda a história assim como na vida real.

 Em O Seminário dos Ratos temos quatorze contos diferentes entre si, mas ligados pela atenção que o leitor deve ter com a ação dos personagens e o rumo que irão tomar. O primeiro conto chama-se As formigas. Nesse conto duas primas universitárias alugam um quarto numa pensão com aspecto meio sombrio. A dona do local avisa que no canto do quarto o antigo morador fazia medicina e acabou esquecendo uma caixa de ossos, e diz para a jovem que também faz medicina que se desejar poderá ficar com a caixa. Quando a jovens olha os ossos se entusiasma em ficar com eles, pois eram ossos de um anão e raros, e se impressiona por estarem tão limpos.

Porém algo estranho acontece naquela mesma noite. Formigas entram no quarto e vão em direção aos ossos do anão. E depois de um tempo, elas percebem que as formigas estão montando o anão. Assustadas, ainda tentam matar as formigas, mas não adianta, pois no dia seguinte elas voltam para continuar montando o anão, e as únicas opções que restam é esperar no que vai dar ou fugir daquele lugar no sereno da noite.

Pomba enamorada ou Uma história de amor é outro conto do livro e nos traz a história de uma jovem que fica totalmente apaixonada por um homem que lhe elogia num baile. Desde esse dia, ela não o deixa em paz, manda recados, telefona, aparece no seu trabalho de surpresa e entre outras loucurinhas, mesmo ele sempre a rejeitando. Até que chega o dia em que recebe a noticia de que ele vai se casar e se mudar daquele lugar. Passa um tempo mal, mas acaba se casando com um amigo próximo, mas o curioso é que continua a escrever para o antigo amado, contando suas felicidades e os acontecimentos de sua vida, e o mais curioso ainda é que dessa vez ele responde. Anos e anos passam, os dois na velhice, ela vai à cartomante, que prevê a volta de alguém muito importante para ela e mesmo querendo não acreditar no dia previsto da volta, vai ao encontro de alguém.

O conto O Seminário dos Ratos, que dá o título a obra, trata de uma conferência entre políticos ilustres, mas que é totalmente perturbada pela invasão dos ratos, que não acabam somente com a cozinha, mas com todo o local. Nesse conto há um pontinho de crítica a desigualdade e a invasão de poderes. O livro é muito gostoso de ler, apesar de no final da leitura de alguns contos fica a dúvida do que realmente aconteceu, mas como citei no iniciei, fico nisso o charme de Lygia Fagundes. 

Apreciação: 4
Sendo que: [1- Ruim; 2- Regular; 3- Bom; 4-Muito bom; 5-Adorei]

Dados técnicos:
Autora: Lygia Fagundes Telles
Editora: Rocco
Páginas: 165

2 comentários:

  1. Fiquei curiosa com o conto As formigas! Nunca soube sobre esse livro. Não sou mto chegada a contos, mas como disse, realmente fiquei curiosa!

    BjoO
    Pri
    Entre Fatos e Livros

    ResponderExcluir
  2. Eu tenho um livro de contos da L. F. Telles chamado "Mistérios", ainda não li todos, mas gosto muito do estilo dela, é simples e completo.

    Um beijo.

    Francine

    ResponderExcluir

Vamos trocar ideias?