terça-feira, 7 de fevereiro de 2012

O céu vai ter que esperar - Cally Taylor


“Céu, dizia meu cérebro. Lucy, você precisa ir para o céu. Precisa fazer o certo, pelo Dan. Se o ama, precisa deixá-lo ir, para que ele encontre a felicidade de novo. Você precisa fazer o que é melhor para ele, e não para você. O verdadeiro amor é isso – colocar a felicidade do outro na frente da sua.” (p.551)

O céu vai ter que esperar é um doce romance recheado com algumas doses humor. A leitura é tão gostosa e empolgante que fica mesmo difícil tentar parar de ler seja para fazer qualquer outra atividade. Nele conhecemos Lucy e Dan, um casal super apaixonado e super felizes por estarem na véspera do casamento.
No dia anterior ao seu casamento, Lucy e suas melhores amigas, Anna e Jess, tinham combinado de fazerem uma festinha de despedida de solteira, tipo o clube das luluzinhas na casa de Lucy, onde ela e Dan já moravam. Antes da horinha marcada, Lucy e Dan acabam tendo uma pequena briguinha. Lucy estava tão estressada com tudo o que ainda faltava fazer para o casamento que acaba acusado Dan de não a ter ajudado em nada. Dan leva na brincadeira, pois sabe que Lucy está muito estressada com tudo, e ao sair não a escuta dizer de volta o costumeiro eu também te amo.
Meio culpada pela cena anterior, Lucy começa a pensar no seu presente de casamento para o Dan. Decide dar a ele o bilhete do primeiro filme que assistiram juntos no cinema. Quando ela vai tentar pegar o bilhete numa caixa que estava no sótão, onde estavam todas as pequenas lembranças do relacionamento dos dois, acaba sofrendo um acidente com a escada e morre. Lucy ela acorda no limbo, espaço entre o céu e a terra, e depois do susto de perceber que realmente está morta, e o pior de tudo, longe para sempre de Dan, tem que fazer uma escola entre: ir direto para o céu onde se encontram seus pais e nunca mais voltar a terra ou... ficar na terra com Dan, porém como uma fantasma.
Só a ideia de poder ficar novamente perto de Dan, faz Lucy escolher a segunda opção, e também para poder pedir perdão por não ter dito que o amava antes de partir para sempre. Mas, para se tornar um fantasma, nossa mocinha terá que realizar uma missão. Lucy terá que encontrar a alma gêmea de Archibald, um nerd que nunca se apaixonara antes. Essa façanha teria que ser completada no curto espaço de 21 dias. Lucy encara a missão na esperança de reencontrar Dan.
Porém sua missão não é fácil. A primeira dificuldade seria encontrar Archie (como Lucy o chama), e depois de finalmente conhecê-lo, a próxima dificuldade seria fazer alguém se apaixonar por ele. Mas, Lucy também acaba encontrando um amigo em Archie, e conseguir realizar sua missão, ou seja, encontrar a alma gêmea de Archie estava tão perto quanto nunca poderia imaginar.
O que Lucy não esperava, era que teria um impulso a mais para buscar concluir a missão. Sua melhor amiga Anna estava tentando conquistar seu Dan. Isso a fez querer encontrar o mais rápido possível a alma gêmea de Archie, mas seu prazo estava passando rápido demais e ela se vê cada vez distante de cumpri-la. Lucy também faz dois amigos na casa de aspirantes a fantasmas, Brian e Claire. E de certa forma, é Lucy quem ajudar a completar a missão dos dois, ou influencia a escolha entre o céu e a terra.
A partir daí Lucy luta contra o tempo e contra a avó de Arche (a cena mais engraçada é a do jantar com a avó de Archie) para encontrar a alma gêmea dele, e ao mesmo tempo sofre pela proximidade entre Dan e Anna, o que a faz repensar dolorosamente sua escolha entre o céu e a terra.
O livro é muito bom, com uma escrita simples e ao mesmo tempo cativante. Cada capítulo é um dia da missão de Lucy, que só terá resolução nos segundos finais. Não tem como não se apaixonar e torcer para que Lucy complete a missão, mas principalmente amei o Arche... ele é encantador, romântico a sua maneira e muito fofo. Recomendadíssimo para quem quer mergulhar num romance leve, divertido e meigo.

Apreciação: 4

[Sendo que: 1 – Ruim; 2-Regular; 3-Bom; 4-Muito Bom; 5-Adorei]

Dados técnicos:
Editora: Bertrand Brasil
Páginas: 364
Tradução: Heaven can wait   

2 comentários:

  1. Aaaaah, eu sempre tive vontade de ler esse livro. Parece mto legal e super divertido! E essa capa? Mto fofa!

    Eu qro!!!!

    BjoO
    Pri
    Entre Fatos e Livros

    ResponderExcluir
  2. Estou seguindo seu blog! Segue o meu? http://olhosleem.blogspot.com/

    ResponderExcluir

Vamos trocar ideias?