segunda-feira, 1 de outubro de 2012

Terror em Tudo Azul - Lourenço Cazarré


Lilica, mais conhecida por Maria meio louca, e Tontonhão, o melhor jogador de futebol da garotada, coincidentemente e por motivos diferentes, vão parar no Hospital de Tudo Azul, no mesmo dia e na mesma ala. Quando ficam sozinhos no quarto depois de recebidos todos os cuidados necessários, eles são tomados por um grande susto. Veem, dois fantasmas, que não satisfeitos em apenas assustá-los tentam capturá-los.
Ocorre então a maior bagunça dentro do quarto na tentativa de fugir da captura dos fantasmas. E o resultado dessa confusão, foi a aquisição de novas fraturas e a descrença da enfermeira que achava que o apelido da garota tinha finalmente criado efeito e virado epidemia.
E a partir desse fato dá-se início a uma onda de ocorrências misteriosas na pacata cidade de Tudo Azul, e que põe todos os tudoazulenses tremerem as bases. De voz de músico morto sendo ouvida na noite de talentos de Tudo Azul a declamações de poemas sinistros no cemitério, de repente, as noites de lua cheia começam a representar para os cidadãos de Tudo Azul, a certeza de que algum acontecimento paranormal irá surgir e atemorizar a todos. Menos dois alunos da Escola Municipal de Tudo Azul. Os dois travam uma disputa para ver quem consegue descobrir primeiro o que está por traz dos mistérios que estavam assombrando Tudo Azul nos últimos tempos.
Terror em Tudo Azul tem menos de terror do que de humor. A descrição e as confusões causadas pela reação das personagens sobre os fatos sobrenaturais, é narrada de maneira simples, misturada com tons de diversão. Aliás, os próprios personagens têm características bem peculiares e um tanto fora do comum como o próprio tema da trama sugere. O livro é bem curtinho, e prende o leitor pelo enredo engraçado e ao mesmo tempo misterioso que desperta a curiosidade de saber o que está por trás de cada mistério. E o final é impensável (pelo menos para mim). Gostei e indico para novos leitores ou não.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Vamos trocar ideias?