segunda-feira, 14 de janeiro de 2013

A Mecânica do Coração - Mathias Malzieu/Desafio Literário 2013



“Em primeiro lugar, não toque nos seus ponteiros. Em segundo lugar, controle sua raiva. Em terceiro, nunca, mas nunquinha mesmo, se apaixone. Pois, neste caso, o grande ponteiro das horas transpassará para sempre sua pele no relógio de seu coração, seus ossos implodirão, e a mecânica do coração voltará a emperrar.”
A Mecânica do Coração, conta a história meio épica do jovem apaixonado Jack. O pequeno Jack nasce no dia mais frio do mundo, em Edimburgo, pelas mãos da doutora Madeleine. Conhecida e temida como feiticeira, a doutora Madeleine fazia os partos das moças “desventuradas” da cidade, como era mãe de Jack. Ao pegar o bebê nos braços Madeleine percebe que o coração dele estava congelando, e se não fizesse algo logo ele não resistiria ao dia mais frio do mundo.
É então que ela coloca um relógio de madeira próximo ao coração fraco de Jack, para que a sua mecânica pudesse ajudar as artérias a bombear sangue até o coração. A mãe dele vai embora assim que se sente melhor e nunca mais o verá. É Madeleine quem cuidaria de Jack dali em diante. Nenhum casal queria adotar uma criança mantida viva por uma engenhoca nada silenciosa e um tanto assustadora.
No seu aniversário de dez anos Madeleine concorda em levar Jack pela primeira vez à cidade. Lá, Jack conhece a “jovem cantora que esbarra em todas as coisas”, e é paixão a primeira vista. Sua sina seria, a partir daquele momento, reencontrar a jovem miss Acácia. Mas não tem muito sucesso em suas primeiras tentativas. Ele se matricula na escola com a expectativa de que a encontraria ali. Mas ao invés disso, dá de cara com Joe, outro rapazito apaixonado por Acácia. Joe odeia Jack desde o primeiro instante que fica sabendo dividem um amor pela mesma mocinha. Joe inferniza a vida do menino nos três anos de escola que passam juntos, sempre zombando do seu coração com barulho estranho e fazendo Jack se sentir as piores das criaturas. Isso até o dia em que Jack não segue os conselhos de Madeleine, e sua raiva toma conta de sua ação o fazendo arrancar um os olhos de Joe depois de mais uma humilhação.
Jack foge de Edimburgo e decide procurar miss Acácia. No caminho de sua jornada encontra Mélies, um mágico e relojoeiro que aceita seguir a viagem sem rumo de Jack depois de ouvir sua história, e quem cuidaria dos ajustes do seu coração (literalmente). Passado algum tempo de busca, Jack finalmente reencontra Miss Acácia, que se apresentava num número de dança e canto em um grande circo. Decidido a conquistá-la, Jack arruma um emprego no circo. E os dois passam a ter um relacionamento em segredo, por vontade de Acácia. Os dois ficam um bom tempo juntos, até que Joe volta à cena, e traz com ele o desejo de conseguir a única mulher que sempre disse amar. Desde então, Jack se vê tentando salvar o elo entre ele e Acácia, mas também tem que lidar com o fato de que Acácia talvez não o visse senão pelo olhar de artifícios.
O livro é uma delícia de ler pela escrita poética e ao mesmo tempo simples. O enredo que te instiga a querer saber o que acontecerá com Jack e Acácia no final. Gostei também das metáforas em cada trecho do livro, que tratam sobre as relações entre os homens, sobre a vida e sobre como lidar com a dor. O tempo todo Jack está se defrontando com a rejeição (desde que nasceu, já que a mãe o abandonou no dia do seu nascimento), e com as dores e perdas de se tornar adulto. Recomendo muito a leitura para quem gosta de livro infanto-juvenil e histórias originais. O autor, Mathias Malzieu, também é vocalista de uma banda francesa, e um dos seus álbuns foi inspirado no roteiro da história-saga de Jack. Uma das músicas é o tema fundo desse vídeo  sobre o livro, que também é muito fofo.
Dados técnicos do livro:
Título original: La mécanique du coeur
Tradutor: André Telles
Editora: Record
Páginas 1889.

Essa foi a primeira resenha escrita para o DL2013.


3 comentários:

  1. Já tinha ouvido falar do livro, lido alguns comentários a respeito, mas nunca tinha parado pra realmente ler uma resenha sobre, até agora.

    E só posso dizer que foi uma perda de tempo incrível eu não ter feito isso antes. Fiquei encantada com o porquê do título, por toda a trama.

    De qualquer maneira, adorei a sua resenha, achei-a bastante delicada e, A Mecânica do Coração já entrou para a minha lista de leituras.

    http://vivalivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Eu não sabia da existência desse livro, me parece ser bem interessante. Gosto de livro infanto-juvenil e de histórias originais, então ele vai para a lista de futuras leituras. :)

    ResponderExcluir
  3. Izabela,

    Vim respondê-la e acabei conhecendo um livro novo. Gostei bastante deste "A mecânica do coração". Vou acrescentá-lo na minha lista de livros a serem lidos.

    Fico feliz de tê-la instigado a ler Mansfield Park. É um livro maravilhoso, nos faz gostar ainda mais de Jane.

    Boa leitura (vou querer saber suas impressões, após concluir o livro).

    Um abraço.

    ResponderExcluir

Vamos trocar ideias?